Qual é o futuro dos Chatbots

Para compreender melhor sobre o futuro do chatbot é importante conhecer também sobre a sua origem.

A história dos chatbots é antiga, tanto que o primeiro chatbot foi criado em 1966. O ELIZA, criado por Joseph Weizenbaum, podia reconhecer certas palavras e padrões e responder aquilo que era perguntado.

Mas o boom dos chatbots explodiu mesmo no último ano por conta da facilidade de acesso às ferramentas de inteligência artificial e de acesso à grande volume de dados.

A estatística do Gartner é que a Inteligência Artificial alcançará 85% dos relacionamentos com os clientes até 2020.

O CEO da Microsoft Satya Nadella disse recentemente que a comunicação de pessoa-para-pessoa, pessoa-para-assistentes-virtuais e pessoa-para-bots é o que o mundo verá nos próximos anos.

Se a gente treina operadores de atendimento humanos tão facilmente, e tão rapidamente mostrando para eles como eles devem conversar, por que então produzir um bot tem que ser um trabalho tão especializado e técnico assim ? Já pensou ?

Você precisa de um bot para lançar uma campanha de vendas de um novo produto. Vai esperar 4 meses para alguém construir este bot ? Vai ter que chamar o fornecedor ? Vai ter que codificar ? Usar frameworks, bibliotecas ? Ou, em 4 horas precisa que o pessoal de marketing ensine ao bot como vender aquele produto e começe a vender antes da concorrência ?